Developer Mode no Red Mi 2 Pro

Agradecimentos

Esse post é uma versão longa da resposta disponível em http://en.miui.com/thread-24025-1-1.html.

Nesse post você encontrará screenshots de como habilitar o modo de desenvolvedor no Red Mi 2 Pro. O modo de desenvolvedor permite você utilizar o ADB.

Aviso

Habilitar o modo de desenvolvedor não é a mesma coisa que conseguir permissões administrativas no aparelho.

Leia mais...

Calypso

Calypso é um servidor de CalDAV/CardDAV/WebDAV, i.e. calendário e agenda. Ele é um fork do Radicale que utiliza Git para controle de versão dos documentos.

Leia mais...

F-Droid no Xiaomi Redmi 2 Pro

O Xiaomi Redmi 2 Pro não é um aparelho com software 100% livre/aberto mas é um fork do CyanogenMod, que é um fork do Android.

../../../_images/155.png

Ele vem com o aplicativo da Play Store, a loja de aplicativos do Google, instalado o que é muito bom pois evita a fragmentação do ecosistema Android que já é bastante fragmentado. Mas se você prefere utilizar software livre o que você gostaria de ter no seu celular é o aplicativo do F-Droid. Para quem não conhece,

F-Droid é um catálogo de aplicativos FOSS (Software de código livre e aberto) para a plataforma Android. O cliente/aplicativo torna fácil navegar, instalar e manter atualizado os aplicativos no seu dispositivo.

Quais as grandes vantagens do F-Droid em relação à Play Store?

  1. Apenas aplicativos livres estão disponíveis no F-Droid.
  2. Todos os aplicativos possuem qualidade excelente e são gratuitos (embora uma doação seja recomendada).
  3. Você não é obrigado a utilizar o aplicativo para instalar os aplicativos. Você pode baixar o instalador através do navegador web do seu celular.
  4. Você não precisa de nenhuma conta para utilizar o F-Droid. (Da última vez que eu testei você precisava de uma conta do Google para utilizar a Play Store.)

Vamos instalar o F-Droid!!!

Leia mais...

Media Transfer Protocol - MTP

Vivíamos muito bem utilizando pendrives, HD externos, ... como se fossem uma unidade de armazenamento qualquer e portanto só precisávamos dos comandos dmesg, para descobrir o endereço do dispositivo, e mount, para montar o dispositivo. Infelizmente smartphones com memória interna são acessíveis apenas através do Media Transfer Protocol (MTP).

Leia mais...